noticias revista apdp  apdp tv
 
 
 Telf: +351 21 381 61 00  Email: diabetes@apdp.pt

Avaliação da Microalbuminuria para deteção precoce da nefropatia diabética

Avaliação da Microalbuminuria para deteção precoce da nefropatia diabética

Segundo o Relatório Anual da Diabetes 2011, 26,9% dos insuficientes renais crónicos são diabéticos.

De facto a nefropatia diabética é uma das complicações mais comuns nos diabéticos mal controlados. Estes doentes passam, numa fase mais tardia, a depender da hemodiálise para sobreviver e apresentam taxas de mortalidade preocupantes.

Para prevenir a nefropatia diabética é necessário controlar de forma eficaz a glicemia, esta é sem dúvida a primeira linha de atuação.

No entanto, vigiar pelo menos 1 vez por ano a Microalbuminuria pode permitir uma deteção precoce da nefropatia diabética evitando consequências mais graves, quer a nível renal, quer a nível cardiovascular.

A albumina é uma proteína que quando está presente na urina, em quantidades baixas, designa-se de microalbuminuria.

Este teste é feito através de uma análise à urina, pode ser urina ocasional, minutada ou urina de 24 horas. Valores inferiores a 30mg na urina de 24 horas ou inferiores a 20mg na urina minutada são considerados normais.

Os diabéticos devem fazer esta avaliação, no mínimo, uma vez por ano. Se o resultado for positivo devem fazer esta análise mais frequentemente.

Esta análise é feita na urina com tiras de teste e atualmente alguns centros de saúde promovem o autocontrolo da microalbuminuria por parte do doente.

Mantenha-se atento às possíveis complicações renais, veja os valores de referência para análise à urina em Diagnóstico de Diabetes e leia mais sobre Nefropatia Diabética, manter-se informado é o principal passo para prevenir e viver de forma saudável!

Diabetes Factos e Números

Apoie  a APDP e faça um donativo