noticias revista apdp  apdp tv
 
 
 Telf: +351 21 381 61 00  Email: diabetes@apdp.pt

Utilização de Glucagon para diabéticos tratados com insulina

Glucagon

Nem todos os diabéticos sabem o que é ou estão familiarizados com o glucagon, a verdade é que as recomendações sugerem que todos os diabéticos tratados com insulina devem ter um kit de glucagon disponível.

O glucagon é uma hormona que tem uma ação oposta à insulina, isto é, aumenta a concentração de glicose no sangue. Este aumento é conseguido através da libertação das reservas no fígado de glicogénio e através da ativação da síntese de glicose a partir de proteínas.

Ele é produzido pelo pâncreas nas células alfa, no entanto o diabético vai perdendo a capacidade de o produzir.

A pergunta coloca-se: Quando é que é necessário administrar glucagon?

Ele deve ser injetado, em caso de hipoglicemia, quando o doente não tem capacidade de comer, quando não consegue reverter a hipoglicemia ou em caso de inconsciência ou convulsões.

Quanto às dosagens, adultos e crianças com idade superior a 8 anos e peso superior a 25kg devem administrar 1ml. Crianças com menos de 8 anos e menos de 25kg administram metade da dose.

O efeito do glucagon faz-se sentir em 10 minutos e a dose não deve ser repetida. É natural que o doente sinta alguns enjoos. Deve fazer uma refeição assim que possível.

Como referido o glucagon não é injetado pelo doente, mas sim por outra pessoa, por isso é importante que saiba reconhecer e atuar perante uma hipoglicemia para poder ajudar em tempo útil. Para isso veja Urgências Hospitalares.

Diabetes Factos e Números

Apoie  a APDP e faça um donativo